Américas 2013 - Expedição
Indíce do artigo
Américas 2013 - Expedição
2º Dia
3º Dia
4º Dia
5º Dia
6º Dia
7º Dia
Todas as páginas



Dia 1 Expedição AMÉRICAS 2013

Abre-se hoje um novo capitulo das minhas viagens pelas Américas com a incansável companheiro de viagem o Land Rover Discovery de 1990 réplica do Camel Trophy da época.

Ainda nos USA e para terminar esta ronda pelas Américas, não completamente como planeado anos antes, mas ainda assim a conseguir a América do Sul e a do Norte, ficando a faltar a América Central para completar a ligação aos extremos Norte e Sul das Américas, ainda assim considero ter realizado uma proeza até ao momento não conseguida por outro Português a bordo de um veiculo 4 rodas e 4x4 e com a particularidade de ser num Land Rover.

Cheguei a Seattle uns dias antes de ter começado onde me esperava no aeroporto o GRANDE AMIGO John Cooper que realmente é um amigo de alma e coração que acompanhou todo o processo desde que cheguei aos USA com o carro em Agosto de 2012 e com tive o privilégio de partilhar momentos de amizade e companheirismo muito raros entre dois desconhecidos.

Juntamente com a sua esposa, partilhou a sua casa onde me deu abrigo o tempo que foi necessário, ajudou a solucionar problemas de todo o género para os preparativos da viagem e tive a honra de o ter como co-piloto durante uns dias na primeira viagem e agora no começo dessa também.

Por cumprimento de compromissos pessoais do John só pudemos sair de sua casa no domingo dia 14 de Julho de 2013 pelas 17h a caminho do ponto mais a Noroeste do Continente Americano, o cabo Flaterry passando o Ferry de Kigston onde na fila para entrar no ferry me abordou um Brasileiro que já vive nos USA à mais de 50 anos mas que veio simpaticamente trocar umas palavras em Português comigo.

A viagem do primeiro dia foi curta com muito sol e uma temperatura agradável e foi como que uma despedida da região de Seattle deixando para trás uns Parques Naturais muito bonitos e com muitos bons trilhos de terra para fazer, uns locais de acampamento fabulosos, uma cidade Portuária bonita, organizada e simpática e por fim, já no ferry o Monte Rainier ao longe o ultimo marcar a despedida fotográfica da região.

Umas gentes muito agradáveis na região Noroeste do país, um bom local para se viver eventualmente, tirando a muita chuva que cai durante o ano e o frio e neve que fazem parte do calendário durante muitos meses.

Chegaríamos a casa da sobrinha do John 150km depois de começar a viagem perto das 19.30h e montamos acampamento no no quintal em frente da casa onde abrimos a tenda seguindo para cidade para um agradável jantar em família.

Deitamos cedo, amanhã é dia de partir cedo para aproveitar o dia.


 



 


Afonso Cerejo
Array